Turcomenistão e Uzbequistão

11 dias / 10 noites

De longe o mais misterioso e inexplorado dos ‘stões’ da Ásia Central, o Turquemenistão tornou-se famoso pela ditadura verdadeiramente bizarra de Saparmyrat Niyazov, que governou como ‘Turkmenbashi’ (‘líder dos turcomanos’) até à sua morte em 2006. Niyazov cobriu esta pequena- conhecida república desértica com monumentos grandiosos e estátuas douradas de si mesmo. Embora muitas destas estátuas tenham sido desmanteladas, muitos visitantes ainda pensam no Turquemenistão como uma espécie de parque temático totalitário. Mas o menos visitado dos países da Ásia Central é muito mais do que isto – é uma terra antiga de grande espiritualidade, tradição e beleza natural.

Berço da cultura da região há mais de dois milénios, o Uzbequistão é o orgulhoso lar de um fascinante arsenal de arquitetura e cidades antigas, todas profundamente impregnadas da história sangrenta e fascinante da Rota da Seda. 

Turcomenistão - Uzbequistão

Asgabat - Bukhara - Khiva - Samarcanda - Tashkent

Não inclui passagem aérea

Hospedagem com café da manhã

Saídas fixas de Março à Outubro de 2024.

  • Hospedagem nos hotéis em quartos DBL/TWN (10 noites); 

  • Check-in antecipado na chegada ao Uzbequistão; 

  • Alimentação: 

– Turcomenistão: alimentação de acordo com o itinerário (4 cafés da manhã, 4 almoços, 3 jantares). 

– Uzbequistão: alimentação de acordo com o roteiro (7 cafés da manhã, 6 almoços, 2 jantares). 

  • Chá, água às refeições; 

  • 1l de água por pessoa por dia; 

  • Bilhetes de entrada (bilhetes) para museus, monumentos e locais históricos; 

  • Guia falando espanhol para todas as excursões; 

  • Bilhete de trem Samarcanda-Tashkent (Classe Econômica); 

  • Taxas turísticas em hotéis.

DIA 1 – ASHGABAT

Chegada em Asgabat e hospedagem no hotel.
Descanso até a hora do almoço em um restaurante local. Começamos nossa jornada por esta cidade enigmática. City tour em Ashgabat: o Arco da Neutralidade, uma estrutura de 95 m, ergue-se como um grande farol dominando o mármore branco de Ashgabat, sendo o monumento mais alto do Turcomenistão. Mesquita Ertogrul Gazi Mesquita turca, uma maravilha erguida em homenagem ao pai do fundador do Império Otomano, Osman I. Dizem que emula a famosa mesquita azul de Istambul. Admiraremos o Monumento ao Cavalo Ahalteke, o mais belo e esguio do mundo, veremos o Parque da Independência e pararemos para tirar fotos do Monumento Rukhnama, (Livro da Alma) é o livro escrito pelo líder turcomano Saparmyrat Nyýazow (Turkmenbashi). A obra é um tratado sobre moralidade e espiritualidade, que mistura poesia com conceitos políticos, tornou-se leitura obrigatória para todos os alunos das escolas e universidades do Turcomenistão, é considerada um “guia espiritual” para o povo turcomano.
Jantar em um restaurante local. Passeio noturno pela cidade. Visita ao Palácio do Casamento. Deste ponto elevado do miradouro admiraremos a maravilhosa vista desta esplêndida cidade construída em Mármore Branco.

DIA 2 – ASHGABAT

Café da manhã no hotel. Pela manhã visitaremos o Bazar Altyn Acyr (Idade de Ouro), o maior do Turcomenistão. É um mercado típico de gado oriental onde você pode comprar ovelhas e camelos. Continuamos com a excursão ao Museu Nacional de História e Etnografia, onde estão expostos objetos que datam das civilizações dos Partas e do Império Persa. Almoço em um restaurante local. Continuamos nosso passeio turístico e seguimos para o Sítio Arqueológico da Antiga Nysa (UNESCO). Nysa, também chamada de Parthaunisa, é uma cidade antiga localizada perto da moderna cidade de Bagir, as fortalezas partas de Nysa, um Patrimônio Mundial da UNESCO. Alguns autores acreditam que Nisa foi uma das primeiras capitais do Império Parta, fundada pelo rei Ársaces I, foi a necrópole real dos reis partas, mais tarde foi conhecida como Mithradatkirt (Fortaleza de Mitrídates) por Mitrídates I da Pártia, por volta 171 a 138 AC. C. Foi destruído por um terremoto ocorrido durante o século I AC. C. Durante as escavações arqueológicas encontraram um grande número de edifícios, mausoléus e templos, muitos documentos manuscritos e um tesouro.

Visita à Mesquita e Mausoléu de Turkmenbashi, líder da nação falecido em 2006.
Admiraremos o Memorial Halk Hakydasy, dedicado aos que morreram na Segunda Guerra Mundial e durante o terremoto de 1948, veremos um dos poucos monumentos preservados a Lenin, colocados no pedestal de tapetes turcomanos feitos de cerâmica. Em seguida percorreremos a parte histórica Avenida Maktumkuly eixo principal de Ashgabat admirando os maravilhosos edifícios de mármore branco do Teatro, Circo, Embaixadas e Ministérios. Jantar em um restaurante local. Hospedagem em hotel em Ashgabat.

DIA 3 – ASHGABAT – DARVAZA – DASHOGUZ (285 + 295 km)

Café da manhã no hotel. Meio dia dedicado à visita ao Hipódromo para conhecer a raça de cavalos Ahalteke, criada no Turcomenistão há mais de 5 mil anos, símbolo e orgulho do povo turcomano. Almoço em um restaurante local. À tarde, antes do pôr do sol, chegaremos à cratera Gas Darwaza (chamada Hellmouth) no meio do deserto de Karakum, um dos maiores do mundo, para ver talvez a principal curiosidade turcomana, um enorme poço com milhares de chamas queimando vivas. Jantaremos junto à cratera (jantar de churrasco). Este dia de aventura termina com a viagem noturna em 4 x 4 até Dashoguz (295 km - aproximadamente 5 horas). Importante: o pavimento está bastante deteriorado e levará mais tempo do que o esperado. Chegada à meia-noite, acomodação no hotel.

DIA 4 – DASHOGUZ – KUNHA URGENCH – KHIVA

Café da manhã tardio para descansar do dia anterior. Viaje para a cidade de Kunha Urgench, antiga capital do Khorezm Khanate. Admiraremos as ruínas da mesquita e do minarete. Retorno a Dashoguz e almoço em um café local. Passagem de fronteira onde realizaremos trâmites aduaneiros. Em seguida, conheceremos nosso guia uzbeque. Saída para Khiva do Uzbequistão (65 km). Chegada e acomodação no hotel em Khiva.

DIA 5 – KHIVA

Café da manhã no hotel. Khiva (Jiva) é uma cidade-museu, localizada no deserto, é considerada a pérola do Uzbequistão. Há muito tempo, as caravanas da Grande Rota da Seda cruzaram esta cidade. Ruas de paralelepípedos, mesquitas de barro, padrões elaborados e muralhas majestosas impressionarão até o viajante mais experiente. Segundo a lenda, Khiva cresceu em torno de um poço chamado Keivah, que foi cavado por Sem, filho do justo Noé. Os arqueólogos afirmam que Khiva já existia no século 6 aC. e na verdade seu nome era Kheyvak. O poço com o mesmo nome ainda existe no centro da cidade. Antes da conquista árabe, Khiva era uma cidade zoroastrista. Em 712, depois que Qutayb Ibn Muslim chegou ao poder em Khiva, quase todos os cientistas e representantes de famílias nobres foram aniquilados. Nos séculos IX e XI, Khiva tornou-se um centro religioso e científico, onde trabalharam três personalidades famosas, como Al-Khorezmi e Al-Beruni. Em 1220 Khiva foi destruída pelos soldados de Genghis Khan. No século 16, tribos nômades uzbeques chegaram a Khiva. Em 1598, Khiva foi proclamada capital do Khiva Khanate e, na primeira metade do século XVII, tornou-se um dos centros islâmicos. Lá visitaremos o coração fortificado de Khiva, conhecido como Itchan Kala, visitaremos também o Kalta Minor, o Castelo Kunya Ark, a Madrassah Mohammed Rahim Khan, o Minarete e Madrass Islom Khodja e a Madrassah Allakuli Khan. Toda a Cidade Velha é considerada Patrimônio Mundial da UNESCO. Almoço em um restaurante local. À tarde visita ao complexo arquitetônico Tash Hovli (harém do século XIX), ao Mausoléu de Pahlavan Mahmud (séculos XIV - XVIII), à Mesquita Juma (século X) e ao Mausoléu de Said Allauddin. Tempo para descanso no hotel.
Jantar em um restaurante local. Hospedagem no hotel em Khiva.

DIA 6 – KHIVA – BUKHARA

Café da manhã no hotel. Transfer para Bukhara por estrada (450 km, 7 horas). Almoço (ou almoço piquenique) em restaurante local. Chegada em Bukhara e acomodação no hotel. Bukhara é uma das cidades mais importantes do Uzbequistão e uma das grandes jóias do país asiático, que alberga no seu centro histórico um mar de cúpulas turquesa e numerosos monumentos centenários. Um bom lugar para começar a explorar Bukhara é o complexo Lyabi-Hauz, uma grande praça que durante o Canato se tornou o centro comercial e religioso da cidade. Lyabi Hauz, construída nos séculos 16-17, é o coração da cidade. No centro da praça existe um grande lago, praticamente um dos poucos que restam dos muitos que distribuíam água pela antiga cidade. Visitaremos a Madrasa Kukeldash, uma enorme escola corânica construída por volta de 1570, na época era a maior madrasa de toda a Ásia Central e a Madrasa Nodir Devon Begi construída em 1622, em sua decoração podem ser vistos dois pássaros mitológicos.
Jantar em um restaurante local. Hospedagem no hotel em Bukhara.

DIA 7 – BUKHARA

Café da manhã no hotel.

Continuamos a nossa viagem por Bukhara, é uma cidade milagrosa que viu nascer Avicena, um grande médico do século X, é uma das mais belas de todo o Uzbequistão. Bukhara estava localizada no cruzamento das caravanas de seda chinesa e de especiarias indianas e em sua época representou um grande centro comercial da Ásia Central. Vamos visitar: Mausoléu de Samanidas (séculos IX-X). Situado num agradável parque, este mausoléu alberga o túmulo de Ismail Samani, fundador da dinastia Samanid. Não muito longe encontraremos outro local a visitar em Bukhara: a Mesquita Bolo Haouz. Construída em 1712, esta mesquita tem uma particularidade que a diferencia das demais da cidade: no seu pátio exterior existem 20 belas colunas de madeira talhada decoradas com motivos coloridos. Embora os pilares que sustentam o telhado sejam 20, a mesquita é conhecida como a dos “40 pilares”. O mistério é facilmente revelado: os outros 20 devem ser encontrados no reflexo do lago em frente à mesquita. Almoço em um restaurante local. A seguir visitaremos a Fortaleza da Arca (séculos V-XIX), é a estrutura mais antiga da cidade, foi residência dos emires de Bukhara. E claro que não podemos perder os bazares de Bukhara, situados no cruzamento das ruas mais importantes, sob belos tetos abobadados. Este complexo de cúpulas do século XVI conhecidas como Primeira, Segunda e Terceira Cúpulas são recintos abobadados aos quais se uniram um grande número de galerias de comércio e oficinas de artesanato. Aqui vendem bonés de camelo, tecidos bordados (muito bonitos por sinal), tapetes artesanais, pratos de cerâmica, lenços de seda. Aqui podemos viver a experiência de regatear e procurar pequenos e grandes tesouros. Visitaremos também: Mesquita Magoki Attory (século XII), Madrasa Ulughbek (século XV), Madrasa Abdulaziz-Khan (século XVII) e Mausoléu e Fonte Sagrada de Chasmai Ayub (século XIV). Hospedagem no hotel em Bukhara.

DIA 8 – BUKHARA – SAMARCANDA

Café da manhã no hotel. Saída em confortável transporte para Samarcanda, cidade lendária, conhecida no passado como Maracanda. Chegada e hospedagem no hotel. Almoço em um restaurante local. Em Samarcanda respira-se a Rota da Seda e é, sem dúvida, uma das cidades mais míticas e importantes do Uzbequistão. A famosa Praça Registan (traduzida como “lugar das areias”) é um exemplo de arquitetura única, com suas três madrasas, escolas corânicas, decoradas com cúpulas em majólica e turquesa. Este é o antigo coração da cidade medieval, um verdadeiro paraíso arquitetônico representado por uma praça ladeada pelas espetaculares madrassas de Ulugh Beg, Sherdar e Tilla-Kori, que formam um complexo de grande beleza. Samarcanda é uma cidade muito importante para os uzbeques, aqui está o Mausoléu de Tamerlão, o grande conquistador da Ásia Central, onde repousam os seus restos mortais e cujo quarto é um dos mais belos exemplos da arte timúrida. Gur-e-Amir, eles chamam de "Tumba do Rei". Ali está enterrado o conquistador, cujo epitáfio “Se eu ressuscitasse do túmulo, o mundo inteiro tremeria” está carregado de lendas. Sabe-se a história de que em 22 de junho de 1941, por ordem de Stalin, o arqueólogo soviético Mikhail Gerasimov exumou seu cadáver da sepultura para reconstruir seu retrato escultórico. Neste mesmo dia, Hitler invadiu a União Soviética e deu início à Grande Guerra Petriana (Segunda Guerra Mundial para a Rússia). Outro dos monumentos mais notáveis ​​de Samarcanda é a Mesquita Bibi Khanum, mesquita em cuja construção participaram os melhores arquitetos e artesãos do império, trazidos como escravos de todas as partes do Grande Império de Tamerlão. Hospedagem no hotel.

DIA 9 – SAMARCANDA – TASHKENT (Em trem)

Café da manhã no hotel. Terminando as nossas visitas em Samarcanda vamos conhecer:
Complexo Arquitetônico Shakhi-Zinda (séculos XIX a XV). É uma Necrópole Honorária composta por dezenas de mausoléus, decorados com terracota, faiança e azulejos. Um dos primos do profeta Maomé, grandes líderes militares de Tamerlão, bem como seus numerosos parentes estão enterrados lá. Continuamos com a excursão ao Observatório Ulughbek (século XV) - Ulugbeg, neto de Amir Timur e grande cientista do seu tempo. Neste observatório desenvolveu seus estudos em astronomia. Tempo para compras no Bazar Siab.
Almoço em um restaurante local. Traslado à estação de trem para embarcar (de acordo com horário do trem). Chegada a Tashkent e acomodação no hotel. Hospedagem no hotel em Tashkent.

DIA 10 – TASHKENT

Café da manhã no hotel. Começo da visita à capital do Uzbequistão, cidade onde coexistem o antigo e o moderno. Da parte antiga visitaremos o Barak Khan Madrasa, o complexo arquitetônico Hasti Imam que é o centro religioso mais importante da cidade, depois visitaremos as antigas escolas espirituais: Mausoléu Kafal Shohi, entraremos na Mesquita Tilla Sheykh e no Museu “Alcorão de Kalifa Osman” (século VII). Faremos uma parada no Bazar Chorsu, que é o principal mercado oriental de Tashkent, onde você poderá saborear a comida típica desta região e comprar lembranças do Uzbequistão feitas à mão por artesãos locais. O guia nos contará sobre o devastador terremoto que deixou Tashkent em ruínas em 1966, veremos o Monumento dedicado a este tema. Desceremos até o Metro que nos surpreenderá com a sua luxuosa decoração em mármore e mosaicos. Almoço em um restaurante local. Continuaremos nosso passeio panorâmico para conhecer a parte moderna da cidade, faremos paradas na Praça da Independência e Eternidade, Praça Amir Temur, apreciaremos a vista exterior do Palácio do século XIX que pertenceu ao neto de Nicolau I Romanov na época em que o Uzbequistão fazia parte do Império Russo.
Hospedagem no hotel em Tashkent.

DIA 11 – TASHKENT

Café da manhã no hotel. Traslado ao aeroporto para saída ao seu destino. Fim dos nossos serviços.

Qushbegi Plaza (ou similar)
|
Tashkent

Asia Khiva (ou similar)
|
Khiva

Lyabi House (ou similar)
|
Bukhara

Welfort (ou similar)
|
Samarcanda

Yyldyz (ou similar)
|
Ashgabat

Dashoguz (ou similar)
|
Dashoguz

DATAS DE SAÍDA EM 2024: 

 

Março: 16
Abril: 6,20  
Maio: 4, 18,
Junho:  1, 8
Julho: 6,20
Agosto: 24
Setembro: 14, 21, 28
Outubro: 12, 19

 

A partir de USD 2.960 (valor total do pacote por pessoa em acomodação dupla)

A partir de USD 3.455 (valor total do pacote por pessoa em acomodação single*)

 

*Preços válidos para um mínimo de 2 participantes. Valor da acomodação single é válida apenas quando houver outro participante na mesma viagem. Consulte-nos.

 

INFORMAÇÕES SOBRE VISTO: 

 

Uzbequistão 

Cidadãos de Espanha, Portugal, Argentina, Brasil, Chile e México podem entrar e permanecer no Uzbequistão sem visto por até 30 dias. 

Cidadãos de outros países latino-americanos podem “obter visto eletrônico” através de https://e-visa.gov.uz 

O custo do visto é de US$ 20 por pessoa. 

O pagamento pode ser feito através do cartão Visa 

Passaporte válido por 6 meses – obrigatório 

 

Turcomenistão 

Turistas de visto para o Turcomenistão podem receber na chegada à fronteira, onde deve ser pago: 

Visto turcomano aproximadamente +60 USD p/p; 

Cartão de migração aproximadamente +15 USD p/p; 

Os documentos para as Cartas Convite (necessários para obtenção do visto na chegada a fronteira), deverão ser apresentados à nossa agência 30 dias antes do passeio: 

Cópia do Passport JPEG/PDF com no máximo 1 MB (digitalizado); 

Formulário de consulta de visto; 

Reserva de passagens internacionais com PNR; 

2 fotos 3×4. 

 

OBSERVAÇÕES: 

 

▪ Preços e disponibilidade sujeitos a alterações sem aviso prévio. 

 

▪ Caso os hotéis indicados no programa não estejam disponíveis na data da reserva, serão reservados outros hotéis da mesma categoria ou um hotel opcional dependendo da disponibilidade. 

 

▪ Fechamos todos os grupos 30 dias antes da partida, se tiver reserva de última hora verifique sempre a disponibilidade, o Uzbequistão está lotado e temos problemas com passagens domésticas. 

 

▪ A alimentação durante o percurso está prevista em restaurantes locais. 

 

▪ O itinerário está sujeito a alterações dependendo das alterações que as companhias aéreas e linhas ferroviárias possam fazer nos seus horários e dias de operação. 

 

▪ Alguns hotéis de edifícios baixos no Uzbequistão não têm elevadores. 

 

▪ Informe-se sobre a documentação necessária para viajar ao Uzbequistão. É responsabilidade do viajante ter toda a documentação em ordem, é necessário ter passaporte com validade de 6 meses. 

 

▪ Os voos domésticos permitem uma franquia de bagagem de 20 kg no porão e 5 kg na cabine.

  • Hospedagem nos hotéis em quartos DBL/TWN (10 noites); 

  • Check-in antecipado na chegada ao Uzbequistão; 

  • Alimentação: 

– Turcomenistão: alimentação de acordo com o itinerário (4 cafés da manhã, 4 almoços, 3 jantares). 

– Uzbequistão: alimentação de acordo com o roteiro (7 cafés da manhã, 6 almoços, 2 jantares). 

  • Chá, água às refeições; 

  • 1l de água por pessoa por dia; 

  • Bilhetes de entrada (bilhetes) para museus, monumentos e locais históricos; 

  • Guia falando espanhol para todas as excursões; 

  • Bilhete de trem Samarcanda-Tashkent (Classe Econômica); 

  • Taxas turísticas em hotéis.

DIA 1 – ASHGABAT

Chegada em Asgabat e hospedagem no hotel.
Descanso até a hora do almoço em um restaurante local. Começamos nossa jornada por esta cidade enigmática. City tour em Ashgabat: o Arco da Neutralidade, uma estrutura de 95 m, ergue-se como um grande farol dominando o mármore branco de Ashgabat, sendo o monumento mais alto do Turcomenistão. Mesquita Ertogrul Gazi Mesquita turca, uma maravilha erguida em homenagem ao pai do fundador do Império Otomano, Osman I. Dizem que emula a famosa mesquita azul de Istambul. Admiraremos o Monumento ao Cavalo Ahalteke, o mais belo e esguio do mundo, veremos o Parque da Independência e pararemos para tirar fotos do Monumento Rukhnama, (Livro da Alma) é o livro escrito pelo líder turcomano Saparmyrat Nyýazow (Turkmenbashi). A obra é um tratado sobre moralidade e espiritualidade, que mistura poesia com conceitos políticos, tornou-se leitura obrigatória para todos os alunos das escolas e universidades do Turcomenistão, é considerada um “guia espiritual” para o povo turcomano.
Jantar em um restaurante local. Passeio noturno pela cidade. Visita ao Palácio do Casamento. Deste ponto elevado do miradouro admiraremos a maravilhosa vista desta esplêndida cidade construída em Mármore Branco.

DIA 2 – ASHGABAT

Café da manhã no hotel. Pela manhã visitaremos o Bazar Altyn Acyr (Idade de Ouro), o maior do Turcomenistão. É um mercado típico de gado oriental onde você pode comprar ovelhas e camelos. Continuamos com a excursão ao Museu Nacional de História e Etnografia, onde estão expostos objetos que datam das civilizações dos Partas e do Império Persa. Almoço em um restaurante local. Continuamos nosso passeio turístico e seguimos para o Sítio Arqueológico da Antiga Nysa (UNESCO). Nysa, também chamada de Parthaunisa, é uma cidade antiga localizada perto da moderna cidade de Bagir, as fortalezas partas de Nysa, um Patrimônio Mundial da UNESCO. Alguns autores acreditam que Nisa foi uma das primeiras capitais do Império Parta, fundada pelo rei Ársaces I, foi a necrópole real dos reis partas, mais tarde foi conhecida como Mithradatkirt (Fortaleza de Mitrídates) por Mitrídates I da Pártia, por volta 171 a 138 AC. C. Foi destruído por um terremoto ocorrido durante o século I AC. C. Durante as escavações arqueológicas encontraram um grande número de edifícios, mausoléus e templos, muitos documentos manuscritos e um tesouro.

Visita à Mesquita e Mausoléu de Turkmenbashi, líder da nação falecido em 2006.
Admiraremos o Memorial Halk Hakydasy, dedicado aos que morreram na Segunda Guerra Mundial e durante o terremoto de 1948, veremos um dos poucos monumentos preservados a Lenin, colocados no pedestal de tapetes turcomanos feitos de cerâmica. Em seguida percorreremos a parte histórica Avenida Maktumkuly eixo principal de Ashgabat admirando os maravilhosos edifícios de mármore branco do Teatro, Circo, Embaixadas e Ministérios. Jantar em um restaurante local. Hospedagem em hotel em Ashgabat.

DIA 3 – ASHGABAT – DARVAZA – DASHOGUZ (285 + 295 km)

Café da manhã no hotel. Meio dia dedicado à visita ao Hipódromo para conhecer a raça de cavalos Ahalteke, criada no Turcomenistão há mais de 5 mil anos, símbolo e orgulho do povo turcomano. Almoço em um restaurante local. À tarde, antes do pôr do sol, chegaremos à cratera Gas Darwaza (chamada Hellmouth) no meio do deserto de Karakum, um dos maiores do mundo, para ver talvez a principal curiosidade turcomana, um enorme poço com milhares de chamas queimando vivas. Jantaremos junto à cratera (jantar de churrasco). Este dia de aventura termina com a viagem noturna em 4 x 4 até Dashoguz (295 km - aproximadamente 5 horas). Importante: o pavimento está bastante deteriorado e levará mais tempo do que o esperado. Chegada à meia-noite, acomodação no hotel.

DIA 4 – DASHOGUZ – KUNHA URGENCH – KHIVA

Café da manhã tardio para descansar do dia anterior. Viaje para a cidade de Kunha Urgench, antiga capital do Khorezm Khanate. Admiraremos as ruínas da mesquita e do minarete. Retorno a Dashoguz e almoço em um café local. Passagem de fronteira onde realizaremos trâmites aduaneiros. Em seguida, conheceremos nosso guia uzbeque. Saída para Khiva do Uzbequistão (65 km). Chegada e acomodação no hotel em Khiva.

DIA 5 – KHIVA

Café da manhã no hotel. Khiva (Jiva) é uma cidade-museu, localizada no deserto, é considerada a pérola do Uzbequistão. Há muito tempo, as caravanas da Grande Rota da Seda cruzaram esta cidade. Ruas de paralelepípedos, mesquitas de barro, padrões elaborados e muralhas majestosas impressionarão até o viajante mais experiente. Segundo a lenda, Khiva cresceu em torno de um poço chamado Keivah, que foi cavado por Sem, filho do justo Noé. Os arqueólogos afirmam que Khiva já existia no século 6 aC. e na verdade seu nome era Kheyvak. O poço com o mesmo nome ainda existe no centro da cidade. Antes da conquista árabe, Khiva era uma cidade zoroastrista. Em 712, depois que Qutayb Ibn Muslim chegou ao poder em Khiva, quase todos os cientistas e representantes de famílias nobres foram aniquilados. Nos séculos IX e XI, Khiva tornou-se um centro religioso e científico, onde trabalharam três personalidades famosas, como Al-Khorezmi e Al-Beruni. Em 1220 Khiva foi destruída pelos soldados de Genghis Khan. No século 16, tribos nômades uzbeques chegaram a Khiva. Em 1598, Khiva foi proclamada capital do Khiva Khanate e, na primeira metade do século XVII, tornou-se um dos centros islâmicos. Lá visitaremos o coração fortificado de Khiva, conhecido como Itchan Kala, visitaremos também o Kalta Minor, o Castelo Kunya Ark, a Madrassah Mohammed Rahim Khan, o Minarete e Madrass Islom Khodja e a Madrassah Allakuli Khan. Toda a Cidade Velha é considerada Patrimônio Mundial da UNESCO. Almoço em um restaurante local. À tarde visita ao complexo arquitetônico Tash Hovli (harém do século XIX), ao Mausoléu de Pahlavan Mahmud (séculos XIV - XVIII), à Mesquita Juma (século X) e ao Mausoléu de Said Allauddin. Tempo para descanso no hotel.
Jantar em um restaurante local. Hospedagem no hotel em Khiva.

DIA 6 – KHIVA – BUKHARA

Café da manhã no hotel. Transfer para Bukhara por estrada (450 km, 7 horas). Almoço (ou almoço piquenique) em restaurante local. Chegada em Bukhara e acomodação no hotel. Bukhara é uma das cidades mais importantes do Uzbequistão e uma das grandes jóias do país asiático, que alberga no seu centro histórico um mar de cúpulas turquesa e numerosos monumentos centenários. Um bom lugar para começar a explorar Bukhara é o complexo Lyabi-Hauz, uma grande praça que durante o Canato se tornou o centro comercial e religioso da cidade. Lyabi Hauz, construída nos séculos 16-17, é o coração da cidade. No centro da praça existe um grande lago, praticamente um dos poucos que restam dos muitos que distribuíam água pela antiga cidade. Visitaremos a Madrasa Kukeldash, uma enorme escola corânica construída por volta de 1570, na época era a maior madrasa de toda a Ásia Central e a Madrasa Nodir Devon Begi construída em 1622, em sua decoração podem ser vistos dois pássaros mitológicos.
Jantar em um restaurante local. Hospedagem no hotel em Bukhara.

DIA 7 – BUKHARA

Café da manhã no hotel.

Continuamos a nossa viagem por Bukhara, é uma cidade milagrosa que viu nascer Avicena, um grande médico do século X, é uma das mais belas de todo o Uzbequistão. Bukhara estava localizada no cruzamento das caravanas de seda chinesa e de especiarias indianas e em sua época representou um grande centro comercial da Ásia Central. Vamos visitar: Mausoléu de Samanidas (séculos IX-X). Situado num agradável parque, este mausoléu alberga o túmulo de Ismail Samani, fundador da dinastia Samanid. Não muito longe encontraremos outro local a visitar em Bukhara: a Mesquita Bolo Haouz. Construída em 1712, esta mesquita tem uma particularidade que a diferencia das demais da cidade: no seu pátio exterior existem 20 belas colunas de madeira talhada decoradas com motivos coloridos. Embora os pilares que sustentam o telhado sejam 20, a mesquita é conhecida como a dos “40 pilares”. O mistério é facilmente revelado: os outros 20 devem ser encontrados no reflexo do lago em frente à mesquita. Almoço em um restaurante local. A seguir visitaremos a Fortaleza da Arca (séculos V-XIX), é a estrutura mais antiga da cidade, foi residência dos emires de Bukhara. E claro que não podemos perder os bazares de Bukhara, situados no cruzamento das ruas mais importantes, sob belos tetos abobadados. Este complexo de cúpulas do século XVI conhecidas como Primeira, Segunda e Terceira Cúpulas são recintos abobadados aos quais se uniram um grande número de galerias de comércio e oficinas de artesanato. Aqui vendem bonés de camelo, tecidos bordados (muito bonitos por sinal), tapetes artesanais, pratos de cerâmica, lenços de seda. Aqui podemos viver a experiência de regatear e procurar pequenos e grandes tesouros. Visitaremos também: Mesquita Magoki Attory (século XII), Madrasa Ulughbek (século XV), Madrasa Abdulaziz-Khan (século XVII) e Mausoléu e Fonte Sagrada de Chasmai Ayub (século XIV). Hospedagem no hotel em Bukhara.

DIA 8 – BUKHARA – SAMARCANDA

Café da manhã no hotel. Saída em confortável transporte para Samarcanda, cidade lendária, conhecida no passado como Maracanda. Chegada e hospedagem no hotel. Almoço em um restaurante local. Em Samarcanda respira-se a Rota da Seda e é, sem dúvida, uma das cidades mais míticas e importantes do Uzbequistão. A famosa Praça Registan (traduzida como “lugar das areias”) é um exemplo de arquitetura única, com suas três madrasas, escolas corânicas, decoradas com cúpulas em majólica e turquesa. Este é o antigo coração da cidade medieval, um verdadeiro paraíso arquitetônico representado por uma praça ladeada pelas espetaculares madrassas de Ulugh Beg, Sherdar e Tilla-Kori, que formam um complexo de grande beleza. Samarcanda é uma cidade muito importante para os uzbeques, aqui está o Mausoléu de Tamerlão, o grande conquistador da Ásia Central, onde repousam os seus restos mortais e cujo quarto é um dos mais belos exemplos da arte timúrida. Gur-e-Amir, eles chamam de "Tumba do Rei". Ali está enterrado o conquistador, cujo epitáfio “Se eu ressuscitasse do túmulo, o mundo inteiro tremeria” está carregado de lendas. Sabe-se a história de que em 22 de junho de 1941, por ordem de Stalin, o arqueólogo soviético Mikhail Gerasimov exumou seu cadáver da sepultura para reconstruir seu retrato escultórico. Neste mesmo dia, Hitler invadiu a União Soviética e deu início à Grande Guerra Petriana (Segunda Guerra Mundial para a Rússia). Outro dos monumentos mais notáveis ​​de Samarcanda é a Mesquita Bibi Khanum, mesquita em cuja construção participaram os melhores arquitetos e artesãos do império, trazidos como escravos de todas as partes do Grande Império de Tamerlão. Hospedagem no hotel.

DIA 9 – SAMARCANDA – TASHKENT (Em trem)

Café da manhã no hotel. Terminando as nossas visitas em Samarcanda vamos conhecer:
Complexo Arquitetônico Shakhi-Zinda (séculos XIX a XV). É uma Necrópole Honorária composta por dezenas de mausoléus, decorados com terracota, faiança e azulejos. Um dos primos do profeta Maomé, grandes líderes militares de Tamerlão, bem como seus numerosos parentes estão enterrados lá. Continuamos com a excursão ao Observatório Ulughbek (século XV) - Ulugbeg, neto de Amir Timur e grande cientista do seu tempo. Neste observatório desenvolveu seus estudos em astronomia. Tempo para compras no Bazar Siab.
Almoço em um restaurante local. Traslado à estação de trem para embarcar (de acordo com horário do trem). Chegada a Tashkent e acomodação no hotel. Hospedagem no hotel em Tashkent.

DIA 10 – TASHKENT

Café da manhã no hotel. Começo da visita à capital do Uzbequistão, cidade onde coexistem o antigo e o moderno. Da parte antiga visitaremos o Barak Khan Madrasa, o complexo arquitetônico Hasti Imam que é o centro religioso mais importante da cidade, depois visitaremos as antigas escolas espirituais: Mausoléu Kafal Shohi, entraremos na Mesquita Tilla Sheykh e no Museu “Alcorão de Kalifa Osman” (século VII). Faremos uma parada no Bazar Chorsu, que é o principal mercado oriental de Tashkent, onde você poderá saborear a comida típica desta região e comprar lembranças do Uzbequistão feitas à mão por artesãos locais. O guia nos contará sobre o devastador terremoto que deixou Tashkent em ruínas em 1966, veremos o Monumento dedicado a este tema. Desceremos até o Metro que nos surpreenderá com a sua luxuosa decoração em mármore e mosaicos. Almoço em um restaurante local. Continuaremos nosso passeio panorâmico para conhecer a parte moderna da cidade, faremos paradas na Praça da Independência e Eternidade, Praça Amir Temur, apreciaremos a vista exterior do Palácio do século XIX que pertenceu ao neto de Nicolau I Romanov na época em que o Uzbequistão fazia parte do Império Russo.
Hospedagem no hotel em Tashkent.

DIA 11 – TASHKENT

Café da manhã no hotel. Traslado ao aeroporto para saída ao seu destino. Fim dos nossos serviços.

Qushbegi Plaza (ou similar)
|
Tashkent

Asia Khiva (ou similar)
|
Khiva

Lyabi House (ou similar)
|
Bukhara

Welfort (ou similar)
|
Samarcanda

Yyldyz (ou similar)
|
Ashgabat

Dashoguz (ou similar)
|
Dashoguz

DATAS DE SAÍDA EM 2024: 

 

Março: 16
Abril: 6,20  
Maio: 4, 18,
Junho:  1, 8
Julho: 6,20
Agosto: 24
Setembro: 14, 21, 28
Outubro: 12, 19

 

A partir de USD 2.960 (valor total do pacote por pessoa em acomodação dupla)

A partir de USD 3.455 (valor total do pacote por pessoa em acomodação single*)

 

*Preços válidos para um mínimo de 2 participantes. Valor da acomodação single é válida apenas quando houver outro participante na mesma viagem. Consulte-nos.

 

INFORMAÇÕES SOBRE VISTO: 

 

Uzbequistão 

Cidadãos de Espanha, Portugal, Argentina, Brasil, Chile e México podem entrar e permanecer no Uzbequistão sem visto por até 30 dias. 

Cidadãos de outros países latino-americanos podem “obter visto eletrônico” através de https://e-visa.gov.uz 

O custo do visto é de US$ 20 por pessoa. 

O pagamento pode ser feito através do cartão Visa 

Passaporte válido por 6 meses – obrigatório 

 

Turcomenistão 

Turistas de visto para o Turcomenistão podem receber na chegada à fronteira, onde deve ser pago: 

Visto turcomano aproximadamente +60 USD p/p; 

Cartão de migração aproximadamente +15 USD p/p; 

Os documentos para as Cartas Convite (necessários para obtenção do visto na chegada a fronteira), deverão ser apresentados à nossa agência 30 dias antes do passeio: 

Cópia do Passport JPEG/PDF com no máximo 1 MB (digitalizado); 

Formulário de consulta de visto; 

Reserva de passagens internacionais com PNR; 

2 fotos 3×4. 

 

OBSERVAÇÕES: 

 

▪ Preços e disponibilidade sujeitos a alterações sem aviso prévio. 

 

▪ Caso os hotéis indicados no programa não estejam disponíveis na data da reserva, serão reservados outros hotéis da mesma categoria ou um hotel opcional dependendo da disponibilidade. 

 

▪ Fechamos todos os grupos 30 dias antes da partida, se tiver reserva de última hora verifique sempre a disponibilidade, o Uzbequistão está lotado e temos problemas com passagens domésticas. 

 

▪ A alimentação durante o percurso está prevista em restaurantes locais. 

 

▪ O itinerário está sujeito a alterações dependendo das alterações que as companhias aéreas e linhas ferroviárias possam fazer nos seus horários e dias de operação. 

 

▪ Alguns hotéis de edifícios baixos no Uzbequistão não têm elevadores. 

 

▪ Informe-se sobre a documentação necessária para viajar ao Uzbequistão. É responsabilidade do viajante ter toda a documentação em ordem, é necessário ter passaporte com validade de 6 meses. 

 

▪ Os voos domésticos permitem uma franquia de bagagem de 20 kg no porão e 5 kg na cabine.

PESQUISAR OUTRO PACOTE DE VIAGEM

a partir de

R$ 4.795

+ 9x de R$ 1.243

por pessoa em acomodação dupla de acordo com o câmbio do dia

Solicite uma cotação sem compromisso

    Deseja receber a cotação da passagem aérea?

    SimNão

    Download do pacote em PDF

    PESQUISAR OUTRO PACOTE DE VIAGEM